Qual a sua nacionalidade?

Outro dia, “passeando” pelo site do CIC, deparei com uma lista de “países” emissores de passaportes. São países fictícios ou, pior ainda, instituições verdadeiras mas que não têm poder de emissão de passaporte nenhum ou então, países que não existem mais.
A lista é grande e, como o próprio CIC diz, não é completa já que novos nomes aparecem sempre:

  • Anishinabek (Native American)
  • Antigua (State of)
  • Association d’entraide humanitaire internationale
  • British Guiana
  • British Honduras
  • British West Indies
  • Burma
  • Carolingian Bernacian States and Dynasty
  • Centre d’information corps diplomatique et consulaire
  • Ceylon
  • Citizenship and Immigration Canada
  • Immigrant Entry Permit
  • Colonia (Kingdom of)
  • Conch Republic
  • Confederate States of America
  • Confédération mondiale des correspondants diplomatiques
  • Corps diplomatique of the United States of America
  • Corterra (Republic of)
  • Czechoslovakia
  • Department of Foreign Affairs Silver Card
  • Eastern Samoa
  • Ecumenical World Patriachate
  • Empire Washitaw de Dugdahmoundya Haudenosaunee
  • Hutt River Principality or Hutt River Province
  • International Biographical Association
  • International Humanitarian Society
  • International Parliament for Safety and Peace
  • International Society for Krishna Consciousness
  • International Solidarity Center
  • Iroquois Nation
  • Khalistan
  • Knights of Malta
  • Koneuwe (Republic of)
  • Lomar (Republic of)
  • Maori Kingdom of Tetiti
  • Melchizedek (Dominion of)
  • Nation of Israel
  • Netherlands East Indies
  • Newfoundland and Labrador
  • New Hebrides
  • North American Indian Nation
  • Government
  • NSK – Neue Slowenische Kunst (New Slovenian Art)
  • Oceanus
  • Organization of African Unity
  • Paisos Catalans
  • Palmerya (Principality of)
  • Parliamentary Patriarchate of Antioch Planetary
  • Polyaesiea
  • Québec
  • Rhodesia (Republic of)
  • Roma
  • Romano
  • Romano Jumako Khetanipe
  • San Cristobal (Republic of)
  • Sealand (Principality of)
  • Service d’information
  • State of Sabotage (S.o.S.)
  • Symbolic European
  • Texas
  • Trust Territory of the Pacific Islands
  • UNO (United Nations Office, Inc.)
  • Union of Soviet Socialist Republics (USSR)
  • Vera Cruz (Free and Independent State of)
  • Vikingland (Principality of)
  • Wisconsin
  • World Parliament Confederation of Chivalry
  • World Service Authority
  • Yugoslavia
  • Zanzibar

Hum, acho que na próxima vez que eu for viajar, vou inventar uma nova nacionalidade. Qual deveria ser?

🙂

Advertisements

4 thoughts on “Qual a sua nacionalidade?

  1. Olá,

    Estava olhando seu blog e achei super interessante, e inclusive, gostaria de fazer uma troca de links contigo.
    Tenho um site/blog sobre o Canadá, sob o endereço http://canadabrasileiro.wordpress.com

    Mantendo o site, meu objetivo é passar às pessoas percepções sobre o este país o qual atrai milhares de brasileiros e continua ano após ano, a bater recordes de estudantes enviados às suas cidades. Enfim, mostrar como é o cotidiano no país.

    Ficarei aguardando respostas.

    Thanks… e sucesso para ti 😉

  2. Fernanda,

    Achei teu blog por acaso e achei mto bom.. Suas dicas são valiosíssimas [ah, td mundo deve te dizer isso!].. Estou começando a colher informações, pra que eu e meu marido possamos aplicar o skiller worker.. =]~ Ah, somos de Alagoas e que horror aquele “causo” que vc contou de um cara daqui que pediu fotos e mensagens… kkkkkkk..

    Espero que a gente possa ir trocando experiências.. Como vc, tb sou jornalista [acabei de me formar] e tb estagiei no SESC.. Fiz um blog pra ir amenizando minha ansiedade e quem sabe, futuramente, ajudar a outros candidatos a imigrantes..

    Beijos..

    Oi Anne,
    Vai postando notícias sobre o seu processo. Com certeza, irá ajudar muitas pessoas, sim! 🙂
    E você também fez parte da turmas dos escraviários? Em que ano? Estagiei lá em 2001 e 2002.
    Beijos!

  3. Interessante, só agora me dou conta que nunca te falei algo em oito anos que te conheço: você escreve muito bem.

    Sempre achei isso, mas nunca me ocorreu que se eu falasse a chance de você saber seriam maiores.

    A ficha caiu agora pouco quando eu li seu post sobre o consulado.

    De qualquer maneira, está dito.

    Anna vai começar a estudar alemão.

    Beijos!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s