5 semanas – e o tempo passa!

Parece que foi ontem que eu postei da última vez. Valentina é uma bebê bem calma, dorme bem e só chora quando tá com fome ou sono (toc toc toc!), mas sendo que ela tá sempre com fome, então acabo ficando super atarefada.

Minha mãe veio no natal e foi embora na semana passada. Foi muito rápido e pena que não deu pra aproveitar tanto com aquele monte de neve que desabou por aqui. Óbvio que já avó-coruja e está morrendo de saudades da netinha. Pra ajudar, tento tirar o máximo possível de fotos. E cada segundo é um motivo para uma foto diferente. Um suspiro, um bocejo, a perna esticada, a mão no rosto, dormindo com um sorriso na cara (deve estar sonhando com leite, só pode!).

Eithor já está super protetor com ela. Quando o choro começa, ele é o primeiro a chegar perto dela, como quem diz “fica fria que eu te ajudo!”. E não desgruda do lado dela. Ele ainda não entendeu muito bem o que está acontecendo mas sabe que é importante.

Valentina e Eithor

No quesito sono, não posso reclamar pois por enquanto o Kam tem acordado à noite pra ficar com ela. Sei que a partir da semana que vem já não vai ser tão fácil pois ele volta a trabalhar e é claro que não vou deixá-lo acordar a cada 2-3 horas à noite, sendo que ele tem que acordar às 5h30 da manhã pra ir pro trabalho. De alguma maneira a gente se resolve, afinal, todos os casais que eu conheço sobreviveram (ou quase) pra contar a história.

Ela ganhou peso e hoje está com 3,50kg, praticamente 1kg a mais de quando saiu do hospital. E cresceu 4cm, ou seja, logo logo ela me passa (e aí minha mãe me interrompe dizendo que não precisa muito pra me passar…só 1 metro!). O cabelo está clareando e há controvérsias sobre com quem você se parece mais, eu ou o Kam, que jura que ela é cópia de mim e eu vejo muito dele nela….acho que só o tempo pra dizer. A grande dúvida agora é a cor dos olhos. Cada dia tá de um jeito: cinza, azul-acizentado, castanho-claro, castanho-acizentado. Que cor a gente pôe no pedido do passaporte? 😀

A midwife acha que ela não tem ganhado peso suficiente então tive que aumentar a quantidade de fórmula, infelizmente. Estava deixando somente à noite, quando o Kam fica com ela, e tentando amamentar ao máximo durante o dia. Amanhã vou tentar contactar o pessoal da La Leche League para uma orientação porque é muito ruim esta sensação de não poder dar o que a bebê precisa.

Semana que vem temos a última consulta com a midwife e, depois disso, volto para a minha médica de família. Embora as minhas midwifes sejam as mesmas que ficaram com a Ana, acho que tivemos experiências diferentes e confesso que fiquei um pouco desapontada pois esperava mais, pelo menos com uma delas, a Annie (que foi quem fez o parto). Estava torcendo para que fosse a Ruth mas não era dia de plantão dela. Acho que o que foi mais desgastante para nós não foi nem a questão do parto, mas o fato de ela ter se recusado a ir até a minha casa na 1a. semana pois era muito longe pra ela. Óbvio que o fato de que eu tive que sair de casa com a Valentina com apenas 4 dias de vida (e eu com muitas dores da laceração e dos pontos) embaixo de um frio absurdo (consegui que fosse o dia mais frio de Vancouver dos últimos não-sei-quantos-anos) de menos 15 graus não conta nada, né? :-X

No hospital também foi muito chato pois ela veio pra começar a indução, voltou pra casa, veio à noite quando pedi uma epidural (pois a dor estava absurda), voltou pra casa novamente e só apareceu depois da 1h30 da manhã quando eu já estava com dilatação completa. O Kam ficou passado, pois se era pra ser assim, qual a diferença para um obstetra (que aliás, foi o que fez o parto efetivamente, pois precisei de fórceps)? Quando estava tentando amamentar a Valentina, tive muita dificuldade no começo e ela até ajudou. 5 minutos. Quando questionei alguma coisa que ela sugeriu, tive que ouvir “se você quiser que eu ajudo, eu ajudo, mas se não, vou embora já que não tenho nada mais pra fazer”. Pena que eu estava exausta, passada, com efeito da medicação e sem conseguir pensar direito, porque senão tinha falado um monte. Que raiva na hora!

Em compensação, quando fui na consulta com a outra midwife, a Ruth, foi outra coisa, mil vezes melhor. Ela sentou comigo, mostrou onde eu estava errando, deu sugestões e ouviu meus desabafos. Não podia ser assim sempre?

Valentina

Advertisements

3 thoughts on “5 semanas – e o tempo passa!

  1. Poxa, Fer, já te falei né… que pena que a Annie não foi tão atenciosa com você. Eu acho que dei sorte de ter pego a Ruth pra fazer o meu parto. Mas você vai ficar bem. Depois conta como foi a visita no La Leche League, viu. Não pode deixar cair a toalha!

  2. Força, mamãe! Não desista de amamentar. É uma dificuldade realmente e NUNCa estamos bem orientadas e ou bem assistidas. Eu fiz tudo direitinho por aqui , mas Alice veio com dificuldades para mamar, foi difícil e acabou perdendo peso e ganahndo pouco. Sofri muito. Tentei por horas e não sabia direito o que fazer. O curso caro que paguei não resolveu bem. Minha irmã que me ajudou. Estava recém parida e me deu o maior suporte. Começamos com sete dias a amamentar Alice com os quatro peitos até ela parender direito. Tive que dar um pouco de leite artificial para complementar, foi bem pouquinho, mas cada mamadeirinha me arrasava, eu queria que ela ficasse só no peito. Se tivesse sido bem assistida, teria resolvido muito melhor, hoje creio que o papo seria outro. Em um mês, ela recuperou o peso, demorou mas conseguiu. Amamentei até 5 meses dias só no peito , mas aí voltei a trabalhar nesta semana e desde o início de janeiro que comecei a introduzir outras coisinhas – frutas e tal – para ela não estranhar minha ausência.
    A verdade é que nós mulheres hoje somos muito mal assistidas em geral. Falta boa vontade às vezes. Temos toda a disposição para fazer o certo, mas cansadas e doloridas, muitas vezes não conseguimos.
    Persista.
    E boa sorte.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s