Quase 15 meses…

Amor é um sentimento que vai crescendo a cada dia, a cada novo sorriso. E amor de mãe é realmente algo sem limites.

Amor de filho, único e incondicional. A alegria de acordar e ver que você está lá, ao lado deles, protegendo-os, apoiando-os, cuidando.

Maternagem, maternidade, maternity, motherhood, palavras estas que definem o que sou hoje. O que fui, até ano retrasado,  não interessa mais.

É importante, sim, mas não interessante. Fui uma menina curiosa pela vida, mulher. E hoje sou tudo isso e sou mãe. É estranho pensar assim de mim mesma. Um ano depois, é estranho dizer “sou mãe”, “minha filha”. Mas é ao mesmo tempo, tão gostoso e me faz sentir tão importante e dona de mim mesma.

A chegada da Valentina me fez crescer de uma maneira que jamais imaginei. Me fez ver a vida como nunca tinha visto antes. Me fez voltar a ser EU, o que já tinha esquecido.

Como explicar para o mundo o quanto ser mãe me faz bem? De que maneira o sorriso dela me faz a pessoa mais feliz do mundo?

Advertisements

One thought on “Quase 15 meses…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s