Tempo de primavera

Nunca, em 10 anos, acho que tivemos uma primavera tão ensolarada e seca como a deste ano. Deu final de março e já se via as flores pelas ruas. Como estou sem câmera, tiro foto com telefone mesmo. A vantagem é que dá pra compartilhar na hora, né?

Cerejeiras, tulipas, magnólias, rosas. Todas as cores, todas as formas, uma mais linda que a outra.

Agora mesmo, estou no trem a caminho de casa e a beleza do caminho é incrível. Água de um lado, um parque, e a montanha cheia de árvores (e um pouco de neve no topo!) do outro. E o sol batendo. É nessas horas que eu vejo como sou abençoada de morar aqui. Esses dias lindos compensam a chuva do resto do ano, com certeza (apesar da gente reclamar disso, claro).

De uma semana pra cá, a Valentina tem pedido pra ir pra creche de shorts. Tá sol, mas tá frio, né? Tanto pediu que hoje eu cedi e deixei ela escolher. Acho que ela nunca foi tão feliz pra creche (tirando os dias que ela vai de princesa). E lá estava ela: shorts, camiseta que ELA escolheu na loja, boné, casaco e mochila. Parecia uma adolescente e tão linda!

Definitivamente sol faz pra bem pra alma.

IMG_4552
Tempo de céu cheio de flores

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_4151
Foto by Valentina 🙂

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_3915
Tempo de cerejeiras

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_3901
Tempo dos pássaros voltarem

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_4536
Tempo de novos brotinhos nascerem

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_4144
Tempo de rosas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_4579
Tempo de magnólias

 

 

Advertisements

Brasil de novo?

A canadense que não aguenta mais usar calça e casaco:
“Mamãe, can I usar meu shorts no Brasil?”
“Claro, Valentina”
“Mamãe, and can I usar minha chinelo no Brasil também?”
“Sim”
“Yayyyyyy”

Só 5 dias pra irmos de novo para terras brazucas. Depois de 4 anos sem ir, e de repente ir duas vezes no mesmo ano é um sonho, né?
E dessa vez, vamos todos, Valentina, Kam e eu. Monsieur Eithor ficará com amigos (ô saudades!). A Valentina tá que não se aguenta. Todos os dias pergunta dos primos, dos tios, da avó, dos bichos todos (gato, cachorro, cavalo e até uma tartaruga), diz que vai dar abraço em todo mundo.
Vão ser três semanas, mas tão curtinhas…. queria poder ficar mais um pouco!