Chegou!

 Listening: 7.5

Reading: 8.0

Writing: 6.5

Speaking: 7.5

 Academic IELTS Overall Score: 7.5  🙂

Hum, melhor do que eu esperava! Precisava de 6.5 no total…

🙂

IELTS

Descobri que precisava fazer a prova do IELTS….. já vinha enrolando há séculos pra isso, mas tudo bem.  Ai, comecei meu curso na UBC e vi que, entre os requisitos pra tirar a licença de immigration practioner está a proficência em inglês. E eles aceitam IELTS, Celpip (curiosamente, os únicos dois aceitos para imigração) e outros que nunca tinha ouvido falar: CAEL, Melab (da Universidade de Michigan) e Cantest e os para francês.

Como meu francês se resume a “bonjour, merci, au beaucop”, achei melhor nem me matar com aquilo…. deixo isso pro pessoal de Quebéc! 🙂

O primeiro passo foi tentar descobrir mais sobre os testes, requisitos, dificuldade, cursos, etc. Um dos testes foi descartado na hora quando vi não tinha em Vancouver (CANTEST é feito somente na Universidade de Ottawa). Os outros foram, aos poucos, caindo no meu conceito pela dificuldade em achar material de estudo ou cursos.

Como eu estava estudando numa escola de inglês, nada melhor que juntar o útil ao agradável. Resolvi fazer 4 semanas de curso lá, pela manhã. Professora ótima (a Joy, indico pra todo mundo), com experiência na prova e tudo. Já que eu não fazia nem idéia de como era a prova, 1 mês foi ótimo para eu me familiarizar com o formato.

Depois de começar o curso, percebi que teria muita dificuldade na parte de listening, devido ao meu problema auditivo. A professora me sugeriu pedir headphones na prova (o que ajudou MUITO), contando que tivesse cartinha do médico. Cartinha conseguida, fiz a minha inscrição na própria SFU (Simon Fraser University, onde a prova é aplicada), e deu tudo certo. Depois de umas semanas recebi a confirmação via email e também a aprovação do meu pedido.

No dia da prova em si, eu estava tranquila. Ou mais ou menos, na medida em que dá. Me lembrou muito prova de vestibular, pelo número de gente lá e pelo rigor. Um dos examinadores era um professor da VEC, o que me deixou mais tranquilla. Embora ele não pudesse falar comigo, só a presença dele já ajudou. E vi que tinham uns 3 alunos da VEC também, inclusive uma ex-classmate minha (e vou te falar, que bafo esta menina tem, aaaaaffff. E adivinha quem que ficava SEMPRE como minha colega da parte do speaking)…. anyway…..

A prova em si não foi difícil, aliás foi mais fácil que eu achava que seria. Só espero que esta impressão corresponda à minha nota, rs rs. 😛

Eles irão mandar as notas nesta 6a. feira. Quando sair, eu digo (ou não, né?)… por enquanto vai uma tabelinha de pontos para, quem quiser, ver como é feita a atribuição das notas:

Listening
40-39 = 9.0
38-37 = 8.5
36-35 = 8.0
34-33 = 7.5
32-30 = 7.0
29-27 = 6.5
23-26 = 6.0
20-22 = 5.5
16-19 = 5.0

ACADEMIC Reading
40-39 = 9.0
38-37 = 8.5
36-36 = 8.0
34-33 = 7.5
30-32 = 7.0
29-27 = 6.5
23-26 = 6.0
19-22 = 5.5
15-18 = 5.0

GENERAL Reading

40 = 9.0
39 = 8.5
38-37 = 8.0
36 = 7.5
35-34 = 7.0
33-32 = 6.5
30-31 = 6.0
29 – 27= 5.5
23-26 = 5.0
20-22 = 4.5
15-19 = 4.0