E o post #200 é pra comemorar

Depois de anos lutando contra a água, crises feias de pânico, 1 ano de natação intensiva (sempre no nível 1), a minha pequena de 5 anos finalmente criou coragem pra pôr a cabeça debaixo d’água!! Nunca fiquei tão orgulhosa dela quanto na 4a. feira.
O orgulho dela mesma era contagiante. Eu só sorria, claro! E ela não conseguia parar! Foram 40 minutos com ela indo e voltando! De repente se abriu. Descobriu que pular na piscina é divertido. Que pôr a cabeça na água não é um bicho-papão. E olha só: é tão bom se sentir confiante e saber que consegue fazer algo pelo qual ela vem trabalhando há muuuito tempo!
Quem acompanhou a batalha por aqui sabe o quanto isso representa.
 
Eu mal me aguentava e só queria apertá-la e encher de beijos! Saímos pra comemorar no restaurante favorito dela, onde ela pediu um hambúrguer, salada e leite com chocolate. E claro, contou pra todo mundo que viu na frente. Hoje na escola, ela falou pra todas as professoras. Mesma coisa na aula de patinação. 

Advertisements

No Brasil

Felicidade de mãe é ver sua filha -que tem pânico de molhar a cabeça e gruda em você numa piscina- finalmente se soltar e se permitir relaxar e descobrir como é bom estar na piscina (com bóia) sem se segurar em ninguém. As risadas de felicidade dela e o orgulho (chamando todo mundo pra ver) vão ficar pra sempre.

Você está gostando tanto, querida. Seu português melhorou um monte, você acorda com um sorriso lindo no rosto, está conhecendo sua família, perguntando pelos tios e primos, se empanturrando de arroz com feijão, morrendo de calor, percebendo as diferenças do português pro inglês…. Acho que essa viagem vai ficar na sua memória pra sempre, né?

Pavor de lavar a cabeça. O quê eu eu faço?

Cá estou eu precisando de ajuda com dona Valentina. De um tempo pra cá (quase 1 ano) tem sido cada vez mais difícil lavar a cabeça dela. Ela simplesmente tem um ataque de nervos toda vez que tento lavar. Não estou falando de manha simples, mas de pavor. Hoje mesmo, foi ela sentir a água encostando no cabelo dela, que ela PULOU da banheira, gritando, chorando muito, completamente agarrada em mim, tentando sair da banheira (escalando a parede). A muito custo consegui acalmá-la, mas não consegui lavar a cabeça. Já tentei um monte de coisas mas nada deu certo:

  • entro na banheira com ela pra tomarmos banho juntas
  • deixo ela lavar a minha cabeça
  • damos banho e lavamos a cabeça dos brinquedos dela
  • mostrei livros sobre o assunto (inclusive um que comprei semana passada sobre um bebê que adora banho mas chora na hora de lavar a cabeça)
  • mostro desenhos e comento quando o personagem favorito dela tá lavando a cabeça
  • uma amiga minha já tentou dar banho

E em todos os casos, só de comentar isso ela já fica completamente tensa, para de falar de falar na hora.

Ela tava dando trabalho pra entrar na banheira, agora melhorou, brinca numa boa no banho. O problema é na hora de lavar a cabeça. Hoje o stress foi tão grande que chorei de nervoso. Não sei mais o que eu faço.

 

UPDATE: Continuamos na mesma. Já tentei de tudo quanto é jeito, chuveirinho, chuveirão, baldinhos, deixar ela mesma molhar, o pai, outro banheiro, outro horário, conversar, mostrar vídeos, música, livros.

Da última vez, ela decidiu molhar o cabelo sozinha. Chorando HORRORES, mas molhou e passou o shampoo. Agora nem isso. Levei na piscina e se divertiu um monte, nem parece a mesma criança. Vai entender?