Na 6a. feira, descobri que o IKEA de Richmond está de greve, também. Só pra ir no embalo dos outros…. e claro, só descobri depois de 1h30 no ônibus de downtown a Richmond, onde encontrei o Kam e de lá fomos. Chegando lá, tudo fechado, com os funcionários fazendo piquete na porta e dando tchauzinho pros desapontados ex-futuros compradores… Claro, pegamos o trânsito da volta e só conseguimos chegar em casa às 7 da noite…. ninguém merece! 😦

Acho que vou entrar de greve e pedir 17,5% de aumento. Quais chances são maiores? Eu ser demitida ou ganhar o aumento?

Advertisements

Greve em Vancouver

Há cerca de um mês, estamos sendo feitos de refém pelos funcionários públicos de Vancouver.

Coleta de lixo, biblioteca, piscinas, centros comunitários, creches, acampamentos de verão, escolas, todos parados à espera de um acordo. Eles pedem um contrato de 5 anos, com 17,5% de aumento (nota da redação: queria eu ter um aumento destes!!). Agora, vazou na imprensa um email entre os líderes do sindicato, propondo prolongar a greve o mais rápido possível para negociar bônus.

A maioria dos municípios na região de Vancouver chegou a um acordo. Em Richmond, o acordo foi decidido em dois dias e não houve greve. O mesmo com Burnaby, por exemplo.

Vendo a caçamba de lixo lotada, com sacos caindo pra fora, livros a serem devolvidos e livros a serem retirados (ei, eu uso a bilbioteca pra estudar), a academia fechadas e crianças sem os daycamps de verão, eu pergunto: bônus e aumento pra quem? Já não basta os impostos todos? Eu não ganho aumento, não ganho bônus. E provavelmente posso ser demitida se pensar em greve.

O grande problema da greve é que a prefeitura quer que o contrato vá até o término das Olimpíadas de Inverno de 2010. Obviamente, se isto acontecer, os trabalhadores sairão perdendo pois já não será do interesse do Governo em manter aumentos, já que até lá, as Olimpíadas já terão terminado. Mas, cá entre nós, já era para esta greve ter acabado a muuuito tempo. Ficam os dois lados jogando culpa um no outro e a gente?

Um clube de alta classe estava oferecendo serviço de coleta para seus membros por $5/coleta. Pra quem já pagou mais de CAD$40.000,00 só pra se associar, isto não é nada. E o que o sindicato fez? Foi fazer piquete na frente do clube pra proibir isto. Ora, se eles não fazem o serviço, alguém há de fazer, não é mesmo? Ai, eles vêm dizer que isto não é justo para a “causa” deles e para quem não tem como contratar serviço de coleta. Yeah, right…

Agora, a biblioteca: estou com livros pra devolver e teoricamente teria outros para pegar. Cadê? Nem o site deles tá funcionando por causa da greve, já que quem mantém o site no ar, também está sentado na escadaria da biblioteca, com uma placa no pescoço, tomando sol.

Ah, fala sério! 😦

When two become one

When two become one


i carry your heart with me (i carry it in
my heart) i am never without it(anywhere
i go you go,my dear;and whatever is done
by only me is your doing, my darling)

i fear
no fate (for you are my fate, my sweet) i want
no world (for beautiful you are my world, my true)
and it’s you are whatever a moon has always meant
and whatever a sun will always sing is you

here is the deepest secret nobody knows
(here is the root of the root and the bud of the bud
and the sky of the sky of a tree called life; which grows
higher than soul can hope or mind can hide)
and this is the wonder that’s keeping the stars apart

i carry your heart (i carry it in my heart).

e.e.cummings

Metrotown

titled DocumeOntem eu fui parar no meu shopping favorito junto com a Andreia, onde ficamos mais de 3hrs batendo perna!

Ela, atrás de um tênis pra bater mais perna ainda e eu, atrás de uma camisa branca, de manga curta, pro Kam.

Ela saiu feliz com o tênis lindão novinho. Eu? CAD$50 foi a única que eu achei! 😦

Resultado: Vou arrastar o Kam pra lá no domingo! Quem sabe não achamos mais barata e ele já experimenta e não temos que arriscar voltar de novo pra trocar…

É engraçado como TODA vez que vou lá, não deixo de lembro dos meu primeiro ano aqui, quando morava na frente do shopping. Foi uma época divertida, onde eu só tinha que me preocupar em aprender inglês (como se fosse a parte mais fácil de todas!). Mas sem saudosismo! 🙂

Pra quem quiser ir lá, basta pegar o skytrain sentido Eastbound e descer no Metrotown Station. Fica à 15 minutos de downtown. Tem mais de 400 lojas pra você se divertir, incluindo: a loja da Disney, uma no estilo “faça você mesma o seu urso de pelúcia”, playland, cinemas, superstore e milhares de promoções, sempre! 😉